Tutorial de Instalação Samba e Cups

January 25th, 2004

Category: Administracao e Suporte

Tagged with:

Este tutorial tem por objetivo a instalação do serviço de impressão ‘cups’ e o serviço ‘samba’, visando um aproveitamento maior dos recursos de uma rede heterogênea linux/windows.

Por exemplo, tenho em uma rede 04 micros interligados (03 linux/cl8 e 01 windows/98), no windows existe uma impressora HPLaserjet e gostaria de compartilhá-la com uma estação linux, pra isso terei que instalar no linux os pacotes necessários, que seguem nas versões:

- samba-2.2.8
- samba-common-2.2.8
- samba-clients-2.2.8
- cups-1.1.14
- cups-drivers-0.3.6
- cups-drivers-hp-0.3.6
- cups-libs-1.1.14

No meu caso utilizei a distribuição Conectiva versão 8, onde os pacotes necessários se encontram no cd de instalação, e utilizei o pacote ‘cups-drivers-hp’ pelo fato de minhas impressoras serem HPLaserjet, este pacote varia de acordo com a marca da impressora a ser utilizada.

Começamos com a configuração do ‘samba’, levando-se em conta que os pacotes necessários já estejam instalados, juntamente com a interface gráfica que será utilizada adiante para config do cups. Faremos com que a estação linux converse com a estação windows numa boa. Existe uma facilidade no ‘samba’ onde sua configuração é feita somente em um arquivo, geralmente no /etc/smb.conf . A config que segue fornece a estação onde será instalado o ‘samba’, a possibilidade de trabalhar como servidor de arquivos, uma vez que você cria um diretório na estação ‘samba’ que é compartilhado com o restante da rede, juntamente com a(s) impressora(s). Segue a config do /etc/smb.conf :

#======================= Global Settings =====================================
[global]

workgroup = Windows
server string = Samba Server
printcap name = /etc/printcap
load printers = yes
printing = cups
log file = /var/log/samba/log.%m
max log size = 50
debug level = 1
security = share
os level = 33
dns proxy = no

# Coment: no parâmetro ‘workgroup’ vc especifica o nome de sua rede microsoft – ‘printing’ vc altera para cups, pois será o servidor de impressão que utilizaremos – ‘security’ alterado para share, pois assim teremos acesso a impressora no servidor samba – nessa sessão somente isto é alterado, continuando o restante como padrão.


#============================ Share Definitions ==============================
[homes]
comment = Home Directories
browseable = yes
writable = yes
path = /samba
guest ok = yes
[printers]
comment = All Printers
path = /var/spool/samba
browseable = yes
guest ok = yes
writable = yes
printable = yes
read only = yes

# Coment: não se esqueça de criar o diretório /samba – pois este vae ser o dir compartilhado – setamos todas as opções com ‘yes’ para não haver restrições na utilização dos recursos.

Bem, por aqui terminamos a configuração do ‘samba’, teremos agora que testá-lo, então no prompt de comando como root digite:

# service smb start

Para conferir se o serviço startou normalmente, utilize algum scan para localhost, tipo um ‘nmap’ e confira se a porta ’139/tcp netbios-ssn’ está ativa, ou se preferir vá até uma estação windows da rede e procure o servidor samba no ‘ambiente de rede’, caso esteja funcionando corretamente, irá ser listado juntamente com as outras estações da rede. Não se esqueça de colocar o serviço ‘smb’ para startar automaticamente na próxima vez que a máquina for reiniciada.

Partimos agora para a configuração do cups, desta vez pela interface gráfica de sua preferência – kde, gnome, bbox, etc. – inicialize como root o serviço cups, no mesmo esquema que o ‘samba’ com:

# service cups start

Para conferir se o serviço startou normalmente, utilize algum scan para localhost, tipo um ‘nmap’ e confira se a porta ’631/tcp cups’ está ativa. Não se esquecendo de parametrizar o serviço para inicializar automaticamente, agora somente irá precisar de um navegador como – mozilla, netscape, etc. – digite na barra de endereços:

http://localhost:631

Nos próximos passos descreverei a instalação de uma impressora que está conectada em uma máquina windows da rede, e compartilhada.

Escolha as opções: ‘Manage Printers’ – ‘Add Printer’ – em seguida o sistema solicitará um usuário e senha pra vc poder continuar a config, digite o usuario:root e sua senha, depois informe – ‘Name’ – no caso o nome da impressora a ser instalada – ‘Location’ – o local onde ela se encontra, neste parâmetro pode ser informado qualquer nome, pois não influi na configuração da impressora, e – ‘Description’ – a descrição da impressora, tambm não influenciando a nivel de config, clique em ‘Continue’ e vamos para o próximo passo – ‘Device’ – escolha "windows printer via samba" em seguida ‘Continue’ – ‘Device URl’ – coloque "smb://nome_maquina/impres" atençao neste momento, pq o parametro "nome_maquina" deverá ser o nome da máquina windows onde a impressora se encontra compartilhada, e "impres" deverá ser o nome do compartilhamento da impressora, algo importante a ser lembrado é que o "nome_maquina" tmbm deverá estar cadastrado no seu /etc/hosts com o mesmo nome da máquina na rede windows, em seguida ‘Continue’ e – ‘Make’ aqui vc escolhe a marca da impressora, tipo – epson, hp, etc. – e ‘Continue’, em – ‘Model’ – o modelo da impressora a ser instalada e ‘Continue’, pronto. Agora a impressora está instalada, vá para a opção ‘Printers’ e imprima uma página de teste, para confirmar.

Para configuração de uma impressora local, somente mudar a opção no parâmetro ‘Device’ escolhendo "parallel port" e pronto, será instalada no servidor local samba e compartilhada na rede windows.

Por ake se encerra este tutorial, visando ter contribuído com este material para nossa comunidade open-source linux. Qualquer dúvida, entre em contato.

Aos linuxers de plantão,

[ ],s e boa sorte.

( o_    Eduardo P. Belon
// dubelon@riopreto.com.br
V_/_ Registered Linux User #311423

No comments yet


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>